CRIE SUA CONTA NO FACEBOOK E JUNTE-SE A NÓS

Loja Virtual

O Recanto da Beleza no eshops Mercado Livre

Click Aqui e Visite O Recanto da Beleza

Perfumes Importados e Nacionais - Maquiagens e Cosméticos - Presente Para data Comemorativa

Todos os Produtos em até 12x Sem Juros.
Pronta Entrega Para Todo Brasil.

Aqui Você Pode Comprar Sem Medo.

EFEITOS DO ALCOOLISMO



No que diz respeito ao sistema nervoso, sintomas que mais chamam a atenção são o tremor e a polineurite (sensibilidade à pressão dos troncos nervosos, dores nas extremidades e hipoalgesias). Com relação ao aparelho digestivo, além da falta de apetite, que se constituem em queixa constante, as complicações mais comuns são a gastrite com vômitos matinais e a cirrose hepática, que pode levar o indivíduo ao coma e até a morte.


No coração, pode aparecer uma degeneração adiposa, que se cura com a abstinência, mas que ressurge com o abuso do álcool. Essa alteração responde pela insuficiência circulatória que se observa em certos alcoólatras, nos quais o pulso torna-se irregular e a área cardíaca aumenta. Nos casos mais avançados de alcoolismo, é comum a diminuição da potência sexual, isso porque os testículos se atrofiam e a excreção hormonal diminui. Essa atrofia testicular e a lesão hepática provocam, em geral, a queda dos pêlos axilares e pubianos. Nas mulheres estabelece-se a amenorréia.

TRANSTORNOS PSIQUICOS DO ALCOOLISMO

Segundo a Nova Enciclopédia Barsa, dentre as funções intelectuais, a memória, a percepção e o senso crítico são as mais comprometidas. No princípio, as alterações ocorrem em virtude da tensão emocional e da atitude egocêntrica do alcoólatra. Os transtornos psíquicos convenientes do alcoolismo, conforme sua intensidade e ocorrência configuram quadros psiquiátricos gravíssimos. Um deles é a chamada embriagues patológica, que constitui uma forma especial de intoxicação alcoólica aguda, onde o indivíduo é levado a estados de excitação psicomotores, alucinações ou fabulações.

FATORES QUE INFLUENCIAM O CONSUMO DE ÁLCOOL

Observa-se que a família exerce, sem dúvida nenhuma, o papel mais importante na formação do caráter do indivíduo. O stress decorrente da competição, seja no setor profissional ou pessoal, o desemprego e problemas sentimentais, influenciam cada vez mais o consumo do álcool.Menna Barreto (1992, p. 114), ao relatar os aspectos do psiquismo do alcoolista, diz que: A conduta, o pensamento e os sintomas do alcoolista são dos mais pobres, tanto no delirium tremens, quanto nas formas delirantes crônicas, nos distúrbios do comportamento, na conduta cotidiana, nos lares um tanto ridículos de dignidade.

Parece uniformizado e, ao contato do mesmo, descobrimos muito mais do alcoolismo do que o indivíduo. Muitas vezes, os alcoólicos não deixam transparecer aos estranhos que estão alcoolizados. Já no ambiente familiar, quando sentem que há certo medo da família frente a sua pessoa, tornam-se cada vez mais competidores e agressivos, chegando, inclusive, a cenas de quebra-quebra e agressões físicas em que, nesses conflitos, geralmente a esposa é a principal vítima.

TRATAMENTO

Na maioria dos casos, o tratamento do alcoolismo começa com a interrupção do ato de beber, de preferência por supervisão médica. Esse processo é conhecido como desintoxicação e normalmente demora cinco dias até que aconteça a abstinência caracterizada por tremores, alucinações e alterações de comportamento. A pessoa pode se internar numa clinica de reabilitação, se tiver condições financeiras para isso. Se não tiverem condições financeiras, devem recorrer ao apoio de amigos e parentes e ao aconselhamento de um profissional, seja médico, psicólogo ou assistente social.

O paciente, mesmo desintoxicado, em ausência de sintomatologia clinica, continua sendo um etilista, enquanto ainda estivesse fisiologicamente dependente do álcool e sentisse o desejo incontrolável de ingerir bebidas alcoólicas (LECOEUR, 1992, p. 63). O tratamento deve resolver problemas físicos e mentais ligadas ao abuso do álcool. A terapia psicológica frequentemente inclui aconselhamento individual ou em grupo (seções de psicoterapia). "Quando isso é conveniente ou solicitado pelo alcoólatra, membros da família ou amigos podem comparecer à reuniões e serem estimulados a fornecer apoio moral e psicológico" (FERRARINE, 1982).

ORGANIÇÃO DOS ALCOOLICOS ANÔNIMOS (AA)

 Segundo a própria AA, ela foi fundada em 1935 e passou a desempenhar um papel crucial na aceitação do alcoolismo como uma doença. Como uma organização de ajuda, o AA foi formado para possibilitar e encorajar os alcoólatras a se auxiliarem mutuamente a fim de vencer o vício do álcool. A filosofia fundamental do AA é estabelecer que o alcoolismo é uma doença do corpo e da mente, não uma fraqueza mora, e que os alcoólatras precisam se abster completamente da bebida para conseguirem lidar com esta doença.

É louvável a existência desta irmandade mundial de homens e mulheres alcoólatras, pois desempenham um trabalho extremamente eficiente. O grande desejo deste grupo de ajuda coletiva é de que todos aqueles que ainda não encontraram uma solução para seus problemas com a bebida, unem-se para que, juntos, alcancem o caminho para libertarem-se do vício.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Através de estudos, notamos que o alcoolismo se expande de forma crescente, impedindo, dessa forma, que conheçamos todos os males por ele causados. O alcoolismo encontra-se em todas as camadas sociais, disfarçados ou explicito, e interfere na saúde física e mental, e principalmente, na moral e na decência do indivíduo. Por isso, precisamos de uma maior postura dos governantes no combate das causas desta doença. Pois os gastos com seus efeitos, especificamente na saúde pública, são elevados. E a ciência, com sua importância, dinamiza pesquisas na procura de substancias capazes de bloquear a dopamina, quando se ingere o álcool.

Quanto aos pais, que não fujam da responsabilidade, pois são os principais construtores da personalidade dos filhos. Os pais de hoje devem saber que a instituição familiar perdeu muita força que um dia já possuiu. É necessário, portanto, um maior engajamento, uma postura mais ativa de permanente busca dos filhos e do estimulo para a construção de um mundo de valores compatíveis com a natureza humana.

http://www.webartigos.com/

Um comentário:

perolasdoreino disse...

Olá,
Gostei muito do seu espaço e gostaria de propor troca de banners com o seu blog.

Abraço!
Tiago Nogueira - http://perolasdoreino.wordpress.com

AVISO SOBRE DIREITOS AUTORAIS. Todos direitos reservados. Você não pode copiar, distribuir, exibir, executar, TEXTOS OU MENSAGENS DESSE BLOG sem que seja dado crédito ao autor.

Arquivo do blog

" Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e, luz para os meus caminhos." Salmos 119:105.

HOME

Disse Jesus : "...Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida."(Jo.8:12).

Translate